domingo, 20 de dezembro de 2015

O Mar de Monstros - Rick Riordan




"Sempre há um plano dentro de outro plano." (Rick Riordan)

        ======
  Desde quando comprei a saga, decidi reler cada livro e fazer um "Momento Percy Jackson", com as melhores partes, etc.
  Hoje, vou falar apenas sobre o livro Mar de Monstros, e futuramente irei postar as melhores frases e trechos do livro.
        ======
  Com o Raio Mestre já a salvo, Percy Jackson decidi que é hora de voltar para casa, até ai tudo bem. Durante todo o ano letivo, não houve um ataque de monstros se quer, nem mesmo uma briguinha, tudo estava às mil maravilhas (para um semi-deus, isso é sinal de problemas).
  Percy já se acostumara com sua nova vida, até que em uma linda manhã tudo foi abaixo. Monstros, Touros de lata, e até mesmo Pombos Demoníacos decidem que é hora de atacar. E essa não é a pior parte, a fronteira que divide o Acampamento Meio-Sangue do mundo dos mortais enfraquecera, e isso só pode significar uma coisa... A árvore de Thalia está morrendo.
  Com um prazo curtíssimo, Percy, Annabeth, e seu novo amigo, Tyson, precisam encontra uma forma de salvar o Acampamento, e livrar Grover de ter um casamento "monstruoso". Nem que para isso seja preciso enfrentar um Mar de Monstros.
           ======
  Sinceramente, me surpreendi com todo o livro, cada parte. O modo como Rick Riordan mistura mitos antigos com o presente. Coisas que eu antes via todos os dias, agora tem  significados totalmente diferentes.

 

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário